Carregando informações...

  • Tamanho:
    Cor:
    R$
    R$

Gravidez Semana a Semana - Conheça detalhes da gestação

Gravidez, semana a semana

A gravidez é o período mais pleno para as mulheres. Cada gestação é única, muda de filho para filho e, claro, de mulher de para mulher. Por isso, independente de ser a primeira ou alguma gestação seguinte, a mamãe está sempre em busca de mais informação e conhecimento sobre ela mesma, a gravidez e o bebê. Como a medicina e as novas tecnologias estão evoluindo cada vez mais rápido sobre a gestação humana, a mulher grávida busca cada vez mais conhecimento sobre o assunto para manter-se atualizada sobre o que se tem feito atualmente e novos métodos para parto e ensinamentos para a criança.

No período de uma semana é possível observar diversas mudanças no desenvolvimento do feto. O acompanhamento da gravidez passo a passo é de fundamental importância para o nascimento de um bebê saudável e o pré-natal pode ser a melhor arma contra muitas doenças graves. Aqui, você encontra tudo sobre gravidez, desde conselhos para a primeira semana, a tabela de gravidez, cálculo de gravidez, calendário da gravidez, bem como artigos sobre gravidez precoce, gravidez para mulheres mais velhas, como contar a gravidez, enfim, toda Gravidez Passo a Passo e seus temas relacionados.

Sintomas de gravidez na primeira semana

Teste de Gravidez

Em alguns casos a mulher grávida pode perceber que está esperando um bebê logo na primeira semana de gravidez, apesar de não ser muito comum. Quando isso acontece, geralmente a futura mamãe já vem se preparando para ser mãe por um tempo maior. Para esta futura mamãe todos os sintomas são uma esperança de seu bebê estar bem em seu ventre e ao menor sinal do atraso menstrual, enjoo ou tontura ela procura logo confirmar suas suspeitas de gravidez – que, por sinal, correm o risco de serem confirmadas com tais sinais, para sua alegria.

Para a mulher grávida que não estiver organizando-se para essa missão sem limites e tão generosa, pode até confundir os sintomas com algum mal estar comum ao período pré-menstrual, já que alguns são bastante similares principalmente na primeira semana de gravidez, como, por exemplo, inchaço abdominal, variação de humor, dor de cabeça, acne e, por incrível que pareça, pode ocorrer inclusive sangramento vaginal. Os sintomas podem ser diferentes em intensidade, no tempo e na frequência que acontece, não apenas de mulher para mulher, como de gestação para gestação. Pode acontecer também dos sintomas não se repetirem em gestações diferentes, enfim, como foi citado no início do texto, cada gestação é uma nova experiência para a mulher grávida.

Calculadora gestacional

Evolução da gravidez

A calculadora gestacional é uma ferramenta usada pra fazer o calculo de gravidez, que possibilita a construção do calendário da gravidez ou tabela de gravidez. Mas o que seria tudo isso? O calculo de gravidez foi criado para inferir a idade provável do feto a partir do Dia da Última Menstruação (DUM) e a data atual. Com isso, descobrimos de quantas semanas a futura mamãe está grávida, segundo o padrão dos obstetras. A calculadora gestacional realiza com muita facilidade um calculo que não é tão fácil de ser feito, mas nela pode ser realizado por qualquer pessoa e a qualquer momento do desenvolvimento do feto.

O calendário da gravidez ou tabela de gravidez permite a futura mamãe acompanhar a gravidez passo a passo. Sabendo em que semana de gestação está, a futura mamãe saberá como vai o desenvolvimento do feto e o médico poderá fazer os exames adequados a cada fase da gestação. Na verdade o calendário da gravidez contribui com o pré-natal, já que não é possível ter exatidão na maioria dos casos do dia exato da fecundação, que ocorre provavelmente duas semanas após o início do ciclo menstrual.

Semanas de gravidez

Tabela de gestação

Quando uma mulher fica gravida toda sua vida muda e ela passa a acompanhar bem de pertinho o calendário de gravidez - independente do tempo de gravidez, quando foi constatada, se é uma gravidez precoce ou se é inclusive um caso de gravidez em mulheres mais velhas. O importante é cuidar da saúde do bebê que está por vir. A chegada de uma criança em nossas vidas sempre traz muitas alegrias, mas no começo pode ser complicado, principalmente no caso de uma gravidez precoce. Normalmente, nessas situações a mãe está despreparada para a chegada do bebê e muitas vezes não sabe como contar a gravidez ao seu companheiro e aos seus familiares. Em situações como essas se faz necessário um auxílio, para a mamãe saber justamente como contar a gravidez e também como enfrentar as mudanças que ocorreram em sua vida.

Na situação inversa, de gravidez para mulheres mais velhas, o bebê normalmente é muito desejado. O tempo de gravidez ocorreu na época em que tudo transcorre bem na vida da mãe, que já possui uma estrutura familiar e financeira para abrigar essa criança. Mas, o organismo já não é o mesmo, as gestações que transcorrem depois de certa idade da mulher não são tão fáceis nem para a futura mamãe nem para o bebê. Mas não há motivo para preocupação excessiva, hoje com o avanço da medicina sobre a gestação humana, as mulheres têm ganhado mais tempo para terem seus filhos com saúde. Basta seguir as orientações médicas e se preparar com antecedência para a gestação com uma alimentação saudável e atividade física regular.

Fases de gestação

Evolução do Feto - Gravidez

A gestação se divide em três fases que, normalmente, são observadas semanalmente. A cada semana de gestação há mudanças consideráveis no desenvolvimento do feto, que podemos observar facilmente através de um calendário da gravidez. O calendário explica basicamente a gravidez passo a passo. Veja um resumo de um calendário construído a partir de um cálculo de gravidez, para que a futura mamãe possa ter uma ideia de como o tempo de gravidez é rico e fascinante. A primeira fase ocorre entre a 1ª e a 12ª semana. A segunda é entre a 13ª e a 28ª semanas e é na terceira fase que o bebê está quase pronto para nascer, correspondendo ao período entre as semanas 29ª e 40ª.

A primeira fase começa a partir da fecundação e da implantação do embrião no útero. Na tabela de gravidez, você poderá ver que é já na quarta semana que a formação do embrião de fato começa, é aí que o embrião começa a ganhar vida e seus sistemas circulatório e nervoso começam a ser formados. Os braços e pernas também estão começando a apontar. Nessa época, provavelmente, a mulher já sabe que será mamãe. O sexo do bebê, os dedos, as orelhas e o desenvolvimento dentário podem ser percebidos a partir da 9ª semana, dependendo do posicionamento do bebê na barriga. Os órgãos abdominais, como estômago e bexiga, já estão presentes, assim como o sistema nervoso apresenta-se mais desenvolvido em termos de massa encefálica. Somente a partir da 12ª semana gestacional nós podemos considerá-lo um feto, pois, é a partir deste momento que ele passa a ter feições humanas, marcando também o fim da primeira fase gestacional.

Na segunda fase as emoções só aumentam! A partir da 14ª semana todas as futuras mamães se emocionam ao ouvirem o que para elas é uma verdadeira música: o coração do feto. Através de um equipamento específico, chamado sonar, o médico obstetra ouve os batimentos cardíacos do bebê, acalmando também o coração das futuras mamães. O esqueleto do bebê se desenvolve cada vez mais rápido e os órgãos reprodutores estão se formando, mais especificamente os ovários e os testículos. Na 19ª semana gestacional os sistemas circulatório, digestivo e urinário estão prontos, funcionando como se deve. Como se não bastasse já ser possível ouvir o coração no consultório médico, depois da 20ª semana de gestação a maiorias das mulheres começam a sentir o bebê mexendo em seu ventre e é também nesse período que o feto começa a gerar pelos em seu corpo, inclusive sobrancelhas e os cabelinhos.

O bebê continua aperfeiçoando-se, tornando as medidas de seu corpo mais proporcionais e amadurecendo seus órgãos internos. Ele se move cada vez mais e com mais agilidade, podendo dar até cambalhotas, numa brincadeira com o líquido que o envolve. O feto nesse período já abre e fecha os olhos, dorme e consegue ouvir sons, inclusive externos do ventre materno. A terceira fase caracteriza-se pelo sistema nervoso central completar seu desenvolvimento. A respiração intrauterina é iniciada nessa época. Com o surgimento da gordura subcutânea desaparece o aspecto enrugado da pele. O bebê define sua posição, fica de cabeça para baixo no útero, não tendo mais movimentos tão bruscos que o faça inverter a posição. Nesta fase todas as partes do corpo do bebê estão amadurecidas, isto é, prontas para o nascimento. A placenta também começa a apresentar alterações, podendo ocorrer até má alimentação do feto neste período. A barriga da mulher começa a apresentar sinais de que o grande momento está chegando.

O bebê começa a ganhar peso com muita facilidade e com uma velocidade impressionante nas últimas semanas, podendo chegar a 250 gramas por semana. A 37ª semana de gestação é a mais comemorada, pois, ao fim dela o feto já é considerado maduro, caso a mulher entre em trabalho de parto, e o recém-nascido não será considerado prematuro, para alívio da família. Nas três últimas semanas que faltam para o parto o útero começa com pequenas contrações, que se intensificam bastante no momento certo do nascimento do bebê. Nesse período as futuras mamães devem intensificar as visitas ao médico e, às vezes, dependendo da gravidez, devem fazer uma visita ao médico diariamente. Não se assuste se o seu bebê nascer um pouquinho antes ou depois do previsto pelo médico, será absolutamente normal. O importante nos últimos momentos é manter a calma e ter a certeza que vai dar tudo certo na hora tão esperada, o nascimento do seu filho.

Foto de gravidez

Gravidez meses de gestação

A ecografia ou ultrassonografia é um exame que possibilita acompanhar todo o passo a passo da gravidez. Devem ser realizados pelo menos três exames como este ao longo da gestação, um em cada fase da gestação, mas pode ser que os médicos peçam algumas mais. A cada exame o médico pode fazer uma avaliação mais completa, focando nos pontos mais importantes relativos à semana de gestação que o feto se encontra. A primeira ecografia, obrigatória no pré-natal, deve ser feita entre a 9ª e a 12ª semanas, no fim da primeira fase. Os pontos mais importantes a serem avaliados neste tempo de gravidez são os ossos e os órgãos do bebê. A segunda ultra deve ser realizada entre a 19ª e 22ª semana gestacional, no meio da segunda de gestação. Nessa ultra já é possível saciar grande parte curiosidade dos papais e mamães. O sexo do bebê já é visível, caso a posição do bebê na barriga permita mostrar. Também é avaliada toda a estrutura anatômica do feto, observando, assim, se sua formação está seguindo de maneira regular. Logo no início da terceira fase deve ser realizada a última ecografia. Nela avalia-se não só o bebê como também a placenta e é neste exame que verificamos se ela está cumprindo seu papel, mesmo já estando sofrendo o processo de enrijecimento. Neste período o que preocupa mais os médicos sobre o bebê é a sua posição, que deve estar com cabeça voltada para baixo, garantindo um parto normal. Se o bebê não estiver nessa posição, é possível que a futura mamãe seja preparada para um parto cesáreo.

Além das ultras, você provavelmente vai querer tirar muitas fotos lindas durante da gravidez, para depois mostrar ao filhote ou filhota como foi o processo dentro da barriga e o quão grande a barriga da mamãe se tornou enquanto deixava o bebê quentinho lá dentro. Essas fotos serão preciosas para a família e as crianças provavelmente as usarão em muitas ocasiões na escola, como em comemorações para o Dia das Mães etc. Aproveite para fazer algumas fotos na mesma posição e com a mesma roupa para montar uma espécie de stop motion da gravidez, juntando as fotos com o mesmo enquadramento ou roupa. Isso está super em alta e é motivo de boas risadas e lindas memórias.

Roupas para Gestantes na Tricae

Camisão Cristal Gestante Manga Curta Daniela Tombini
Blusa Venezia Ampla Estampada Daniela Tombini
Top Gestante Chocolate Dilady
Maiô 9 Meses Marinho Bebê a Bordo Dilady
Pijama Água-Marinha Longo Daniela Tombini
Maiô de Amamentação Preto Onda Bebê a Bordo Dilady

Glossário Infantil

As mamães e os papais de hoje precisam ficar sempre bem informados sobre o Universo Infantil. Pensando nisso, a Tricae considera essencial que a nossa comunicação esteja completa e clara, transmitindo segurança na hora de decidir sua compra. Criamos este Glossário com os termos mais comuns a respeito do Universo Infantil e o mesmo será atualizado constantemente. Caso você sinta falta de algum termo ou informação que considere importante para as outras mamães, por favor, envie um e-mail com o termo para atendimento@tricae.com.br. Teremos o maior prazer em publicar a informação e ajudar todas as mamães e papais interessados.
Catálogo de marcas

A Tricae possui a maior seleção de marcas e fornecedores do Brasil. Dedicamos essa página para que você possa encontrar todas as nossas marcas organizadas em ordem alfabética e atualizada com os melhores fornecedores e produtos do mercado. Acesse
Revista Tricae

para facilitar a vida de nossas clientes, com uma seleção especial de informações sobre o universo infantil, criamos a Revista Tricae, um espaço que reúne o que é de melhor para o seu filho, desde roupas, brinquedos e acessórios até informações e dicas sobre tendências de moda. Acesse

Glossário Infantil

Compartilhe

Topo