Carregando informações...

  • Tamanho:
    Cor:
    R$
    R$

Como escolher a mochila escolar

Na hora da volta às aulas uma dúvida muito grande é saber qual mochila escolher para o pequeno. São tantos modelos lindos, não é? Mas além da aparência, é preciso levar em consideração se a mochila é confortável e se tem o tamanho ideal para seu filho. Alguns detalhes fazem a diferença para não prejudicar a coluna da criança.

Tipos de mochilas

Mochila de costas

As mochilas de costas são aquelas que possuem duas alças e, como o próprio nome já diz, são para serem carregadas nas costas. Elas são feitas em diversos tamanhos, com estampas diversas ou lisas, e algumas possuem compartimentos especiais, como bolsos e divisórias.

Cuidados ao escolher a mochila escolar de costas:

Alças: devem ser largas e acolchoadas para não causar dores nos ombros, além de serem ajustáveis. A mochila escolar precisa estar com as alças bem ajustadas ao corpo da criança, a parte de trás tem que ficar em contato com as costas.

Peso da mochila: mesmo vazia, ela precisa ser bem leve, para não comprometer a coluna quando estiver com os materiais escolares.

Acolchoamento: é ideal para não incomodar a criança caso tenha objetos pontiagudos dentro da mochila, como lápis e pontas de caderno.

Mochila de costas

Importante: Oriente o seu filho a usar as duas alças da mochila e não carregar em apenas um ombro ou na mão, porque isso acaba causando deformidades na coluna. Para evitar as dores, o peso da mochila escolar recomendado pela Sociedade Brasileira de Ortopedia deve ser 10% do peso da criança.

Fica a dica: Para saber se a mochila está ajustada corretamente e que o peso não é excessivo, olhe para a postura do seu filho. Se estiver corcunda ou pendendo para trás é necessário fazer algumas mudanças.

Mochila de rodinhas

A mochila de rodinhas é a escolha certa para evitar as dores nas costas, já que ela equilibra o peso e evita esforço. Seus modelos também têm opções com personagens e estampas diversas para agradar desde os pequeninos até os maiores. A maioria dos modelos tem muitos bolsos para separar melhor o material.

Cuidados ao escolher a mochila de rodinhas:

Puxador: ele precisa ser ajustável para regular de acordo com a altura da criança. O ideal é que ela carregue a mochila com o braço esticado.

Peso da mochila: assim como a mochila de costas, a de rodinhas também precisa ser leve.

Mochila de rodinhas

A vantagem da mochila escolar de rodinhas é que com ela a criança não força a coluna, mas isso não significa que dá pra encher de coisas. Em lugares onde as rodinhas não vão, como as escadas, a criança terá que pegar a mochila na mão. Mesmo que a mochila de rodinhas equilibre bem o peso, é bom orientar a criança para alternar as mãos para puxá-la.

Mochilas de costas e rodinhas

O conforto da mochila de costas com a praticidade da mochila de rodinhas em um produto só. O melhor de tudo é a versatilidade que essa mochila oferece, porque se o peso estiver incomodando dá pra carregar no chão e se as rodinhas não puderem passar na superfície dá pra carregar nas costas. Além dos cuidados que já falamos acima, para a mochila de rodinhas que também possui alças deve-se tomar cuidado para que o puxador da mochila não incomode a região das costas e do pescoço.

Mochila de costas e rodinhas

Tamanho da mochila escolar

O tamanho da mochila deve ser adequado à altura da criança, ou seja, a mochila de costas deve cobrir a região do tronco da criança, nem mais nem menos, assim o peso fica bem distribuído e não sobrecarrega a coluna. Uma mochila grande demais pode impedir os movimentos do seu filho e deixá-lo com muitas dores.

Peso ideal da mochila escolar

Como dissemos anteriormente, a Sociedade Brasileira de Ortopedia recomenda que o peso da mochila seja equivalente a 10% do peso da criança. Ou seja, se o seu filho pesa 30kg sua mochila escolar deve ter no máximo 3kg. O peso em excesso causa deformações e dores na coluna, nos ombros e no pescoço.
Sabemos que muitas vezes as crianças têm que carregar diversos materiais para a aula e por conta disso ela acaba ficando muito pesada. Por isso a nossa dica é rever tudo o que é realmente necessário mandar para a escola todos os dias e o que poderia ficar em casa. O caderno de 10 matérias pode ser trocado por 10 cadernos que serão levados para a escola apenas nos dias das respectivas aulas, assim o peso fica mais bem distribuído. Se não conseguir fazer essa mudança, converse com a escola para saber como eles podem ajudar.

Identificação

Um item pequeno, mas que pode fazer a diferença, é o identificador que geralmente fica na parte de trás da mochila escolar. Nele o responsável coloca o nome da criança, turma e um número de telefone. Isso é ótimo para quando um colega tem a mesma mochila ou caso ela seja esquecida na escola. Procure por esse detalhe na hora de escolher o modelo que mais gostar. Caso não tenha, você pode fazer uma etiqueta personalizada ou escrever na própria mochila.

Topo