Carregando informações...

  • Tamanho:
    Cor:
    R$
    R$

Como escolher a cadeira para auto

Além de ser lei, não é difícil imaginar que acidentes de trânsito são mais letais para crianças. Infelizmente, o trânsito ainda é responsável pelo maior número de mortes de crianças por acidentes no Brasil*. Para garantir a segurança dos pequenos, a Resolução nº 277/CONTRAN, obriga toda criança menor de 10 anos a utilizar um dispositivo de retenção no momento do transporte. Em resumo, isso significa que:

Crianças de até 1 ano devem utilizar o bebê conforto;
Crianças de 1 a 4 anos devem utilizar a cadeirinha;
Crianças de 4 a 7 anos e meio devem utilizar o assento de elevação;
Crianças de 7 anos e meio a 10 anos (que sejam maiores de 1,45m) devem utilizar cinto de segurança no assento do banco traseiro.

As cadeiras foram divididas pelo Inmetro por grupos de acodo com o peso, altura e idade das crianças, já que um mesmo modelo pode servir mais de um grupo. O primeiro passo para escolher o assento ideal para seu filho é saber em qual grupo ele está inserido.

Grupo 0
para crianças de até 10kg
altura aproximada 0,72m
até 9 meses de idade;
Grupo 0 +
para crianças de até 13kg
altura aproximada 0,80m
até 12 meses de idade;
Grupo I
para crianças de 09kg a 18kg
altura aproximada 1,00m
até 32 meses de idade;
Grupo II
para crianças de 15kg a 25kg
altura aproximada 1,15m
até 60 meses de idade;
Grupo III
para crianças de 22kg a 36kg
altura aproximada 1,30m
até 90 meses de idade;

Gabriela Guida de Freitas, coordenadora nacional da ONG Criança Segura, alerta: “O mais recomendado sempre é manter a criança pelo maior tempo possível em cada um dos dispositivos de retenção, sempre respeitando a indicação de peso e altura indicada pelo fabricante do equipamento. Por exemplo, se um bebê de um ano e um mês, que pelo Código de Trânsito Brasileiro já passaria do bebê conforto para a cadeirinha, ainda não tiver atingido o limite de peso daquele equipamento, é melhor que ele permaneça lá. Da mesma maneira, uma criança que tem oito anos, mas ainda não atingiu 1,45 m, é mais seguro mantê-la no assento de elevação mesmo que de acordo com a lei já possa ir direto no assento do veículo.”

O que avaliar na hora de comprar uma cadeira para auto?

Conforto:

Um ponto muito importante, e que muitas vezes passa despercebido, é o conforto que a cadeira irá proporcionar à criança. É muito importante que a cabeça esteja bem posicionada e que a cadeira seja almofadada e adequada ao tamanho da criança.

Selo do Inmetro:

Por se tratar de um objeto fundamental para a segurança do seu filho, antes de qualquer coisa, avalie apenas modelos que possuem o selo de qualidade do Inmetro (ou os selos americano e europeu), pois isso atesta a qualidade da cadeirinha, como a resistência dos cintos e fivelas, a toxidade dos materiais e a absorção de impacto feita pelo equipamento.

Modelo:

Existe uma infinidade de modelos dependendo do peso da criança e também do objetivo dos pais: “comprar um assento que se acopla ao carrinho, que suporte mais peso ou que possa ser usada por mais tempo?”.Na hora de comprar é fundamental avaliar as opções disponíveis para a idade e peso da criança. Para um recém nascido, por exemplo, podemos escolher um bebê conforto que se acople ao carrinho e suporte até 13 kgs ou optar por uma cadeira para auto que suporte entre 0 e 25kgs, para que dure mais tempo.
Observe sempre a qual grupo do Inmetro o produto pertence!

Peso e Altura:

Na hora de escolher a cadeira, é fundamental que ela suporte o peso do seu filho para que o cinto feche com segurança e a criança permaneça confortável durante o trajeto.

Tipos de assentos para cada grupo

Peso Tipo de assento Grupo de Massa
0 a 13 kg Bebê-conforto 0+
0 a 18 kg Bebê-conforto conversível em assento de segurança 0+ e 1
0 a 25 kg Bebê-conforto conversível em assento de segurança 0+, 1 e 2
9 a 18 kg Assento de elevação* 1
9 a 36 kg Assento de segurança conversível em assento de elevação* 1, 2 e 3
15 a 36 kg Assento de elevação* 2 e 3

Bebê Conforto

Para a primeira fase de vida do bebê, você pode optar por um bebê conforto que suporta entre 9 e 13kg.

Vantagens:
Alguns podem ser acoplados a carrinhos de mesma marca, facilitando o transporte do bebê;
São menores e mais fáceis de transportar;
Alguns possuem base para fixar a cadeirinha no carro;
Possuem capota removível para evitar que o sol bata na cabeça do bebê;

Desvantagens:
Pode ser usada apenas no 1º ano de vida do bebê ou menos, dependendo do tamanho da criança.
Fique Atenta:
Se o bebê conforto possui apoio para cabeça, garantindo maior conforto do bebê;
Se o tecido do estofamento é macio, permite a transpiração da criança e é removível para lavagem;

Cadeirinha para auto

A cadeirinha pode ser usada por bebês a partir de 1 ano e por recém-nascidos também, desde que obedeça alguns critérios.

Para recém-nascidos é necessário que:
A cadeirinha suporte de 0 a 18kg ou de 0 a 25kg;
Ter almofada redutora removível para acomodar bem o bebê durante os primeiros meses de vida;
Assento reclinável para maior conforto do bebê em todas as fases e momentos;
Desvantagens:
Pode ser usada apenas no 1º ano de vida do bebê ou menos, dependendo do tamanho da criança.
Fique Atenta:
Se o bebê conforto possui apoio para cabeça, garantindo maior conforto do bebê;
Se o tecido do estofamento é macio, permite a transpiração da criança e é removível para lavagem;

Para crianças de 1 a 4 anos:
A cadeirinha precisa suportar de 0 a 18kg, 0 a 25kg, 9 a 18kg ou 9 a 25kg, dependendo da fase em que a cadeirinha será comprada;
Assento reclinável para maior conforto da criança;
Apoio para a cabeça;

Para crianças de 4 a 7 anos e meio:
A cadeirinha precisa suportar de 9 a 36kg ou de 15 a 36kg;
Assento reclinável para maior conforto da criança;
Apoio para a cabeça
Fique Atenta:
Se o tecido do estofamento é macio, permite a transpiração da criança e é removível para lavagem; Verifique se o seu carro possui cinto de segurança do tamanho recomendado pela fabricante para prender a cadeirinha;

Assento de elevação (booster) ou Assento de segurança conversível em assento de elevação

Crianças a partir de 4 anos (ou 18 kg) também podem parar de usar a cadeirinha e utilizar o assento de elevação (booster) para atingir a altura necessária do cinto de segurança (1,45m) ou assentos de segurança conversíveis em assentos de elevação. Deve-se usar o cinto de 3 pontas e não o abdominal.

No assento de elevação, observe:
Se o tecido é removível para a lavagem;
Se o revestimento é macio;

No assento de segurança conversível em assento de elevação, observe:
Se o apoio das costas é removível;
Se possui apoio regulável para a cabeça;
Se possui assento reclinável;
Se possui guias para a passagem do cinto de segurança do carro;

Como instalar a cadeira?
1. Leia atentamente o manual de instruções e siga a risca o que o fabricante diz.
2. A cadeirinha sozinha não basta, é necessário fechá-la com o cinto de 3 pontos do carro até que a mesma não se mexa.
3. O melhor lugar para colocar a cadeirinha é no assento do meio, pois diminui o risco de impacto em casos de acidente, porém é necessário que a cadeirinha seja presa por um cinto com 3 pontos e a maioria dos carros brasileiros não possuem esse cinto no banco do meio. Portanto, caso o seu não tenha, continue levando seu filho nos acentos direito ou esquerdo.
4. Durante o 1º ano de vida, ou até que alcançem 13 kg, coloque o bebê conforto ou a cadeirinha de costas para o motorista, com inclinação sugerida de 45° ou conforme instruções do fabricante. Antes disso os ossos e ligamentos da criança não estão desenvolvidos o suficiente para suportar as forças de uma colisão frontal. Após essa fase, a cadeirinha deve ficar no mesmo sentido do motorista.

#FicaDica

Prefira cadeiras com o tecido removível para lavagem e que não impençam a transpiração da criança; O cinto de 5 pontas (as tiras passam pelos ombros, pernas e abdômen) é mais seguro do que o cinto de 3 pontas (as tiras passam pelos ombros e abdômen), pois não abre com tanta facilidade; Modelos que reclinam são ótimos para dar mais conforto à criança, principalmente durante viagens e trajetos mais longos; Prefira modelos acolchoados e que tenham protetor para a cabeça.

*Dado de 2013, do Datasus.

Fontes
http://www.denatran.gov.br/download/resolucoes/resolucao_contran_277.pdf
http://www.tribunadabahia.com.br/2015/09/25/transito-ainda-o-que-mais-mata-criancas-por-acidente-no-brasil
http://www.gazetadopovo.com.br/automoveis/tire-as-duvidas-sobre-o-uso-da-cadeirinha-0q9qqlt3kpa2t8hvr8m5ukdhq
http://www.detran.mt.gov.br/noticias/2026/guia-da-b-style-color-f60-cadeirinha-b-conheca-o-modelo-adequado-para-cada-crianca

Topo