Carregando informações...

  • Tamanho:
    Cor:
    R$
    R$

Como escolher a babá eletrônica

A babá eletrônica é sinônimo de tranquilidade para muitas mamães e papais, afinal, trata-se da segurança dos nossos pequenos e da garantia de um bom sono para os papais também. Para não errar na escolha do aparelho, é bom conhecer as diversas opções existentes e optar pelo modelo que mais se encaixe com as necessidades da família.

Para te ajudar nessa decisão, a Tricae preparou um guia com pontos que devem ser observados antes de você realizar a compra:

Babá Eletrônica

Áudio ou áudio e vídeo?

A babá eletrônica por áudio é a mais tradicional, além de compacta e leve. O aparelho receptor pode ser transportado pela casa (sempre respeitando a distância com o receptor indicada pelo fabricante) permitindo aos papais executarem as tarefas do dia-a-dia e ouvirem o chorinho do pequeno quase que instantaneamente.

Babá Eletrônica com Áudio ou áudio e vídeo?

Já o modelo de vídeo, mais moderno, permite aos papais ouvirem e verem o que está acontecendo no quartinho do bebê, garantindo ainda mais segurança e a certeza se o bebê acordou mesmo ou se estava apenas resmungando durante o seu soninho. Além disso, muitos modelos já oferecem conexão com wi-fi, possibilitando que papais e mamães que viajam ou trabalham fora possam também acompanhar a rotina de sono do filho.

Digital ou analógica?

Existem as babás eletrônicas analógicas, que funcionam usando a frequência de rádio, e as digitais. Ambas possuem alcance parecido (variando de aparelho para aparelho) e pouca interferência, porém as analógicas podem cruzar sinal com outros aparelhos, como telefones sem fio e outras babás eletrônicas, caso seus vizinhos também possuam uma.

Babá Eletrônica Digital ou analógica?

#Fiquedeolho

Alcance: Toda babá eletrônica possui um alcance diferente. Ou seja, quantos metros o aparelho receptor pode estar distante do emissor para que você receba os sons e imagens. Nessa hora, é bom avaliar o tamanho da sua casa e a distância dos cômodos da casa para o quarto do bebê. É válido ressaltar que a construção da casa/apartamento e os demais aparelhos que utilizarem a mesma frequência da babá eletrônica, farão com que o alcance do produto diminua.

Pilhas ou bateria: Existem babás eletrônicas que funcionam com pilhas, outras com baterias recarregáveis e algumas com ambos. O legal da pilha é que ela possibilita a utilização da babá eletrônica mesmo se não houver energia e a maioria dos carregadores são bivolt e conseguem ficar cerca de 3 horas trabalhando sem precisar recarregá-lo.

Visão Noturna/ Infravermelho: A maioria dos aparelhos com vídeo oferecem a funcionalidade de visão noturna, assim, será possível ver seu bebê mesmo quando o quarto está escuro. Fique atento na indicação do fabricante quanto à distância que a babá eletrônica deve estar do berço para que seja possível ver a criança mesmo no escuro.

Zoom: Outra funcionalidade bacana que algumas babás eletrônicas oferecem é a possibilidade de dar zoom com a câmera. Assim é possível ver o bebê mais de pertinho a qualquer momento.

Vox: Quem já teve uma babá eletrônica sabe que o barulho da estática produzido pelo aparelho pode incomodar um pouco. O sistema vox permite que a babá eletrônica não emita nenhum som até que haja algum barulho no quarto do bebê. Por outro lado, muitas pessoas se assustam com o barulho repentino que a babá faz e preferem o som da estática em volume baixo. Existem três opções: com vox, sem vox ou com ambos para que você possa escolher na hora.

Canção de Ninar: Sabe aquela hora que você já não sabe mais o que fazer para o bebê dormir? Algumas babás eletrônicas oferecem a opção de músicas de ninar para ajudar os papais a criarem um climinha de sono bem gostoso no quarto do bebê.

Agora que você já conhece todas as funcionalidades disponíveis, é só avaliar qual mais se encaixa com a sua família e garantir uma noite de sono bem mais tranquila ;-)


Topo