Carregando informações...

  • Tamanho:
    Cor:
    R$
    R$

Cólicas em bebê recém nascido

Nada tira mais o sono dos responsáveis do que o choro de seu bebê. Além do simples fato de fazer barulho (óbvio!), a preocupação e a aflição de não saber ao certo o que se passa deixa os papais e mamães malucos. Só quem já passou por isso sabe o drama que é. Mas, em geral, os motivos podem ser duas coisas, fome ou cólica. O primeiro caso é muito simples de se resolver, basta uma mamada e a criança já fica tranquila novamente. Já o segundo é um pouco mais complicado.

Para saber se o choro da criança é referente à cólicas, há alguns sintomas e algumas dicas que podem ser observadas. Se ele tem crises de choro difíceis de serem controladas regularmente, se ele encolhe as perninhas e arqueia as costas, se ele solta gases enquanto chora, são fatores que podem indicar que esta criança está sofrendo com cólicas. Normalmente, ela ataca entre o final da tarde e início da noite.

Mas quando ela vai embora? Apesar de ser desesperador ver o seu bebê recém nascido chorando, os pais não precisam se preocupar muito, pois a cólica é algo normal entre os bebês, não é uma doença e não representa ríscos à saúde da criança e ela passa, geralmente, após o terceiro ou quarto mês de vida, quando a flora intestinal já está mais desenvolvida e capaz de digerir com mais tranquilidade.

Ainda não se sabe ao certo porque a cólica surge e porque algumas crianças são mais suscetíveis do que outras, mas, o fato de o sistema nervoso da criança ainda não estar completamente desenvolvido, faz com que elas sejam mais propensas a sentirem dores. Outro fator é que seu sistema digestório também não está devidamente formado e por isso ela tem dificuldades em expelir gases. Mas, mamãe, não há com o que se preocupar, as cólicas são absolutamente normais.

Topo